Zermat II

terça-feira, 11 janeiro, 2011 at 17:40 (Suíça, Valais, Zermatt)

Então subi… o caminho é maravilhoso de trem…

…sempre com o Matterhorn ao fundo, com 4.478m de altura… na fronteira entre a Suíça e a Itália.

A história do Matterhorn: Como resultado das enormes forças da natureza, a África aproximou-se da Europa 100 milhões de anos, e o oceano entre os dois continentes começaram a recuar. 50 milhões de anos depois, grandes grupos de rochas começaram a deformar e “dobrar”….

…e o Matterhorn nasceu das massas de rocha forçando seu caminho para cima. É um marco e símbolo da Suíça, a montanha mais bonita e mais fotografada do mundo (segundo o site de Zermatt!!!).

A cidade pequenina ficando para trás… muitas outras montanhas… todas branquinhas, cheias de neve. As pessoas esquiando… lindo!!! Como as montanhas de Zermatt ficam na fronteira, as pessoas começam esquiando na Suíça e podem descer pela Itália.

Gornergrat fica a 3.089 metros de altitude… saindo do trem já dá para sentir o ar mais rarefeito… fica um pouco mais difícil de respirar.

Há um hotel, um restaurante e um píer… estava um dia lindo… céu azul, sol… o que destaca ainda mais a beleza das montanhas cobertas de neve!!!

E agora estou aqui…. escrevendo o blog, nesse visual maravilhoso, tomando uma cerveja… com o sol quente batendo… e o Matterhorn e as outras montanhas na minha frente!!!

Espetacular! (Como podem ver, parte do blog escrevi lá… por isso as diferenças nos tempos verbais!! Mas decidi não mudar, para manter a sensação de encantamento de quando estava lá!!!)

Agora é hora do almoço… e o terraço/píer está lotado… todos com roupas de esqui e as botas de esqui… engraçado… quando andam parecem robozinhos!! Italiano de um lado, espanhol de outro… francês na frente.. e alemão!!!

Fiquei 4 horas lá em cima…

…até o sol se pôr…

…e o frio me tirar de lá!!

No final do dia encontrei com o grupo e fomos jantar… o prato, claro, uma tradição Suíça… fondue au fromage. Sei que a maioria ama… mas para não é lá essas coisas… queijo derretido com batatas e picles!! Há tantas coisas mais saborosas… fora o cheiro!

Mas… estou na Suíça, e não poderia passar sem Fondue de queijo! E… sem encontrar brasileiros!

A garçonete me ouviu falando português com o namorado da minha amiga alemã (que morou no Brasil)… e respondeu em português… imediatamente achei que era portuguesa, claro!! Mas perguntei o nome…. Rosilene… com esse nome… Brasileira!!! Está em Zermatt há mais de 10 anos… perguntei como aguentava o frio… e ela, com uma cara de desolada… “o marido é daqui, não tem jeito”!!! Além dela, a mesa do lado era de brasileiros… cariocas!

Depois do jantar fomos para o Hotel Post… que é um hotel na avenida principal, com um pub na frente e à noite uma boite.

Fomos para a boite… e é engraçado… as pessoas vão se despindo; um casaco, dois casacos, cachecol, gorro, luva… Mas ainda estava de bota, meia calça, meia, blusa de manga comprida… imagina… numa boite fechada, com calefação, cheia de gente. Já estava começando a passar mal… e terminei indo embora cedo.

No dia seguinte passeamos um pouco pela cidade….

….olha que legal o nevoeiro sobre a cidade…

Tomamos um café e comemos alguma coisa… e vejam a propaganda… no bar, no meio da neve!!!

(…sinta o verão!!!)

 Pegamos o trem para voltar para casa. Aliás um espetáculo à parte….

Todos cheios de sacolas e esquis, botas, capacetes… uma trabalheira! Convenhamos, não é um esporte prático. Tem carregar tudo para cima, esperar o tempo estar bom, com bastante neve, mas sem estar nevando… com sol, mas não quente… então sobe com os equipamentos para o ponto mais alto, de trem ou teleférico. Então, desce por uma pista… chega lá embaixo, pega o teleférico para subir… desce por outra pista… toma alguma coisa no bar… sobe de novo, desce de novo, cai uma vez… e assim vai!!!

Tudo bem… deve ser bom quando está deslizando pela neve!!

De qualquer forma… o visual é maravilhoso… vale a pena ir… na Suíça, na Itália, na França, nos EUA… em Bariloche, bem pertinho e não muito caro!!

Link permanente Deixe um comentário

Zermatt I

segunda-feira, 10 janeiro, 2011 at 17:58 (Suíça, Valais, Zermatt)

Em dezembro fui para Zermatt, no Cantão de Valais. A língua oficial é alemão e possui pouco mais de 5 mil habitantes. Fui a convite daquela amiga alemã que trabalha comigo… ela e um grupo de 15 pessoas. Ficamos no Hotel Adonis… simples, com bom preço e confortável.

Aliás… o grupo é muito legal… todo ano eles vêm para cá nessa época. E algo interessante nesse ano… são 9 nacionalidades… Brasileira (EU!!!), Alemãs, Suíços, Italianos, Albanesa, Irlandesa, Franceses, Finlandesa e Norueguesa!!!

Jantamos na Casa Rustica… com esse nome… na Suíça… uma graça o restaurante. Parece pequenininho… quando entra…

…vai juntando um puxadinho no outro e no final são umas 4 ou 5 salas. As garçonetes são todas espanholas… e a certa altura já falavam… esse grupo… estão todos borrachos (bêbados)… dei risada… e disse tudo bem, só eu te entendo!!!E realmente… era parcialmente verdade… estavam bêbados, mas não todos!! Falavam alto… quase brasileiros… tanto… que as pessoas nas outras mesas começaram a pedir silêncio!!! É a Suíça, lembrem!!!

Com cardápio em alemão, francês, inglês, russo e japonês… decidi escolher uma das especialidades da casa… Stroganoff de filet de boeuf (escreve-se com a mesmo, e é originalmente russo). Estava delicioso, e nada a ver com o stroganoff que fazemos no Brasil… é uma carne cortada bem fininha, com um molho da própria carne, alguns cogumelos, frescos, e apenas na montagem do prato colocam um pouco de creme de leite fresco em cima. Nada daquilo molho cheio de creme de leite… meio rosé…meio branco.

Zermatt é a Búzios do ski…. com neve e falando alemão… uma vila de uma rua,  com lojas de marca caríssimas, poucos restaurantes caríssimos…e muita gente andando pela rua… mas apenas à noite… depois das 20h.

Antes disso… todos estão esquiando!!!

A cidade é uma graça, com casas de madeira, uma igreja e sem carros!!! Apenas pequenos carrinhos elétricos podem circular pela cidade. Dá para sentir o ar mais puro.

Decidi que não iria tentar… primeiro por não ser uma pessoa de esporte… segundo por ter um amigo que na primeira tentativa quebrou a perna… teve que ser transportado de avião, etc, etc. Agora imagina, eu aqui…  a trabalho… substituindo outra pessoa… longe de casa, com várias viagens planejadas nos próximos finais de semana… de repente quebro a perna… NEM PENSAR!!!

(Depois de colocar as fotos que vi que o cemitério ficou logo depois da parte de quebrar a perna… não foi proposital… mas vai saber!!! ;-))

Então… aproveitei para dormir até tarde… passear na cidade… tomar uma cerveja… enquanto todos estavam esquiando.

Andando pela cidade… me senti em Portugal… toda hora ouvia portugueses… terminei conhecendo um grupo deles… e descobri que 40% da população de Zermatt é de Portugueses!!! Basta falar um “boa tarde” para achar algum!!!

Mas…mesmo sem esquiar, tinha que conhecer a estação de esqui! Para subir até Gornergrat tem que pegar um trenzinho… caríssimo… 76CHF para subir e descer. Mesmo se não for esquiar…mas como eu tenho uma Carte Demi-Tarif paguei metade. Mas é caro… imagina uma família de 4 pessoas todo dia tendo que pagar esse valor… fora o equipamento!!!

(No próximo post a paisagem maravilhosa que está atrás dessas árvores!!)

Link permanente Deixe um comentário